Hargan Audio /36 ⍟

TitleNomeAudio
Introdução{Vou sentir falta do garoto. Sempre dava boas risadas, até se fosse dele mesmo. Mas eu sentiria ainda mais falta da Clarissa.

Eu sou Hargan, aliás. É uma honra te dar as boas vindas à velha Sarn, a metrópole da oportunidade. A oportunidade de ser alguém valoroso ou a oportunidade de morrer de uma forma espetacular.}{Vou sentir falta do garoto, mas eu sentiria ainda mais falta da Clarissa.

Eu sou Hargan. Sinta-se bem-vinda à velha Sarn, a metrópole da oportunidade. A oportunidade de ser alguém valoroso ou a oportunidade de morrer de uma forma espetacular.}

ClarissaNão estamos a fim de papo no momento. Perdemos alguns pombinhos, entende. Clarissa e Tolman. Última vez que os vi, estavam indo para a cidade.

Se quiser ajudar, abra o olho se for para aquele lado, entendido? Gostaríamos de ter os jovens de volta. Eles deixam o lugar mais bonito.
Taí alguém que eu conheço! Esse alguém me custou uma cacetada de moedas lá nas arenas de Teópolis. Achei que você era só uma criança mimada que queria morrer. Até apostei tudo contra você.

Mas no fim das contas, você tinha elegância tanto com uma espada quanto com as suas roupas. Essa é uma boa oportunidade de me retribuir, Duelista.

Nós perdemos alguns pombinhos, Clarissa e Tolman. Da última vez que os vi, estavam indo para a cidade. Faz um favorzinho, abra o olho se for praquele lado, tá bom?
Um templário... em exílio? Gente, agora eu vi de tudo. Dominus teve ter acabado com seu estoque de comerciantes honestos para banir, já que finalmente está banindo os criminosos de verdade.

Que seja. Já que você está aqui, Sua Alteza, quem sabe você pode nos ajudar. Nós perdemos alguns pombinhos. Clarissa e Tolman. Da última vez que os vi, estavam indo para a cidade.

Que Deus ilumine seu caminho pela salvação, Irmão.
Sabe o que nós, homens de negócios honestos, ouvimos sobre os seus serviços? "Não se pega uma Sombra." Mas já que está aqui... Acho que não passa de propaganda enganosa.

Vamos ver o que você consegue fazer para polir essa sua reputação manchada. Nós perdemos dois pombinhos, Clarissa e Tolman. Da última vez que os vi, estavam indo para a cidade. E olha, eu sei como você trabalha, mas que tal trazer os dois vivos, hein?




TolmanÉ uma pena o garoto ter morrido. Era um bom garoto. Talvez não muito esperto. Mas não dá pra dizer o mesmo de Clarissa. Ela é uma sobrevivente. Vá garantir que ela continue a ter essa reputação, tá bom?

TolmanUm estranho entra em uma cidade carregando um amor perdido. Parece o começo de uma piada. Que eu adoraria que fosse. O problema é, ainda estamos sem um dos pombinhos, o que não é bom para ninguém. Eles tendem a vir em pares, sabe.

Já que você parece estar dentro dos negócios de 'atos do bem', que tal jogar um Tolman na barganha?
Taí alguém que eu conheço! Esse alguém me custou uma cacetada de moedas lá nas arenas de Teópolis. Achei que você era só uma criança mimada que queria morrer. Até apostei tudo contra você.

Mas no fim das contas, você tinha elegância tanto com uma espada quanto com as suas roupas. Ao menos você nos trouxe Clarissa de volta, né. Isso vai contar como metade do que você me devia.

O problema é que {um} só pombinho não vale muito para ninguém. Eles são como luvas, sabe, mais úteis em pares. A luva perdida neste caso é um jovem chamado Tolman.

Traga Tolman de volta para a gente, e estaremos quites.
Um templário... em exílio? Gente, agora eu vi de tudo. Dominus teve ter acabado com seu estoque de comerciantes honestos para banir, já que finalmente está banindo os criminosos de verdade. Estou só de sacanagem, Alteza. Para falar a verdade, eu te agradeço por trazer Clarissa de volta para nós.

O problema é que {um} só pombinho não vale muito para ninguém. Eles são como luvas, sabe, mais úteis em pares. A luva perdida neste caso é um jovem chamado Tolman.

Que Deus ilumine seu caminho pela salvação de Tolman, Irmão.
Sabe o que nós, homens de negócios honestos, ouvimos sobre os seus serviços? "Não se pega uma Sombra." Mas já que está aqui... Acho que não passa de propaganda enganosa.

Ao menos você nos trouxe Clarissa de volta, né. Já é meio caminho andado para polir essa sua reputação manchada.

O problema é que {um} só pombinho não vale muito para ninguém. Eles são como luvas, sabe, mais úteis em pares. A luva perdida neste caso é um jovem chamado Tolman.

Que tal terminar esse trabalho pra variar, hein? Encontre Tolman. E olha, eu sei como você trabalha, mas que tal trazer ele vivo, hein?




GrigorVocê já conheceu Grigor? Já? A Piety acabou com aquele pobre homem. Mas ele quer falar com você. Algo sobre a "Rainha Gemante".

GrigorVocê já conheceu o nosso bardo? Acredito que não. Ele prefere ficar sozinho. Você vai entender quando vê-lo. De qualquer forma, ele quer falar com você. Ele está resmungando algo sobre uma "Rainha Gemante", ou seja lá o que for.

ClarissaEu fui o anjo da guarda de Clarissa em Oriath. Botei comida na mesa, tudo em troca de um trabalho leve. Eu tentei manter ela longe de problemas aqui, mas Sarn tem muitos segredos... e Clarissa tem muita curiosidade.

MaramoaEla é tão... ampla. É a nossa Maramoa. Pra mim, não há melhor espécime de mulheridade. Sabe, aquelas tatuagens... aquele jeitinho de falar. Inebriante... hm...

Mas ela é uma fria.

GrigorNem tenho ideia do que aquele pobre miserável tem passado. É um milagre Grigor ainda não ter enlouquecido. Tudo bem, ele já pirou algumas vezes, mas ainda vale a pena ouvir o que ele tem a dizer.

FavelasA Favela fica para o leste. Os imundos do Império costumavam ficar lá uns séculos atrás. Agora é o lar das úlceras e dores ambulantes de nossa pobre cidade.

Os ImortaisNem vá pela sombra. Por aqui as sombras... mordem.

General GraviciusGravicius é o braço direito sangrento e imponente do Dominus. E eu achando que os Templários deviam ser os homens da mais profunda humanidade. Você... notou o meu sarcasmo?

Uma vez eu tive que contrabandear um companheiro pra fora de Teópolis. O cara ficou muito amiguinho da esposa de Gravicius. Toda a Guarda Negra da cidade estava procurando por ele pelas ruas, então tive que pensar diferente. Fomos pelos esgotos e não saímos até sentir o cheiro do mar. Foi um trabalho nada glorioso, mas valeu toda a grana que ele pagou.

Você quer pegar Gravicius? Então eu te digo: às vezes, o único caminho para "cima" é ir para "baixo".

General GraviciusGravicius é o braço direito sangrento e imponente do Dominus. E eu achando que os Templários deviam ser os homens da mais profunda humanidade. Você... notou o meu sarcasmo?

Uma vez eu tive que contrabandear um companheiro pra fora de Teópolis. O cara ficou muito amiguinho da esposa de Gravicius. Todo Guarda Negro da cidade estava procurando por ele pelas ruas, então tive que pensar diferente. Fomos pelos esgotos e não saímos até sentir o cheiro do mar. Foi um trabalho nada glorioso, mas valeu toda a grana que ele pagou.

Eu te garanto. Os Esgotos são a única forma de pegar o General Bunda-de-Ferro de surpresa. E você só precisa de uma chave pra ir pra lá. Dê uma faladinha com Clarissa sobre isso.

General GraviciusVocê acabou com Gravicius? Se eu pudesse avisar aquele rapaz que tirei daqui por causa da mulher do general... A viúva vai precisar de um ombro amigo pra chorar.

PietyA Piety foi se encontrar com o Criador, é? Eu adoraria saber como foi essa conversinha.

VictarioVictario era um poeta que chegou a liderar uma rebelião, bem debaixo do nariz do Imperador Chitus. Mas eis o que mais me interessa. O nosso artífice da palavra era um ladrão talentoso também. Ainda conseguiu fazer o roubo do século, em nome do povo, é claro. Três bustos de platina benfeitos encomendados por Chitus para o seu favorito trio de generais.

Victario e os seus camaradas se enfiaram nos Esgotos. Agora que você tem as chaves da Clarissa, talvez você esteja interessado em investigar estes bustos heroicos para mim. Garanto-lhe que valerá a pena.

A Rebelião da PurezaNão sou nenhum estudioso em história, mas sei que o Imperador Chitus foi destronado por Voll de Thebrus na chamada "Rebelião da Pureza". Mas Voll teve o reino mais curto de todos os Imperadores Eternos. O cataclismo se certificou disso.

Suportes de VictarioMas que bela estatueta... veio do esconderijo de Victario na Favela? Se você não se importar, eu posso brotar por lá. Já que você fez uma bela dedetização. Dar uma bisbilhotada pra ver se tem mais coisa que vale a pena. Me traga algo dos suportes do Mercado e do Depósito, tá bom?

Suportes de VictarioDois de três bustos. Não são três, né? Três é um número tão limpinho. O terceiro e último refúgio de Victario te aguarda, meu corajoso parceiro.

Suportes de VictarioO poeta do povo conseguiu esconder seus espólios de Chitus, mas não da gente, né? Eu sabia que você era o melhor exilado para esse trabalho. Aposto que você mais que compensou das pilhas de Victario, mas aqui vai uma coisinha extra. Algo que achei debaixo da cama de um morto. Por quê? Só por que eu gosto de você.

SaudaçõesÉ bom ver que você ainda está seguindo ordens por aí. Com todos esses deuses e horrores do passado perambulando por Sarn, não creio que ninguém esteja se divertindo muito ultimamente.


Clarissa e TolmanQue casal bonitinho, não é? Sim, bem perturbador também.

Aquela garota já foi a menina mais doce que eu poderia lembrar. Hoje em dia ela late como um cão raivoso guardando aquele cadáver vivo dela. Tudo que precisava era de uma pedrada bem dada na cabeça e Tolman não seria mais um problema. Tentador, não acha?

Doedre Língua SombriaComo se Sarn já não fosse doida o suficiente, agora também temos uma bruxa com língua de chicote cozinhando uma maldição fedorenta nos esgotos. Achei que ela fosse minha sogra no começo. Mas não, baseado no meu pouco conhecimento histórico, creio que deva ser uma tal de Doedre Língua-Negra que mereça uma surra.

Onde diabos ela se esconde, eu não tenho ideia. Então a única forma para pegarmos essa bruxa é sujando nossas mãos, e provavelmente muitas outras partes. E por 'pegarmos' eu quero dizer você pegar. Esses esgotos não são lugar para um simples homem de negócios como eu.

Nos faça um favor. Vá para os esgotos e encontre aquela velha macumbeira. Faça com que ela se revele e acabe com ela. Hah... melhor no seu do que no meu, não é?

Doedre Língua SombriaGeralmente alguém como Doedre materia sua cabeça baixa assim que visse você chegando. Acho que a morte nos tira várias coisas, incluindo o senso comum.

De qualquer forma, obrigado. Os esgotos estão limpos agora que aquela bruxa fétida desentupiu os canos.

Aqui, pegue isso para comemorar seu bom trabalho com a limpeza.

Grandes JardinsSe é que você vai entrar no ramo de antiguidades, vale a pena tomar nota de toda história que puder. Os Jardins Suspensos e o grande Imperador Izaro, por exemplo. Já ouviu falar do Labirinto do Lorde? Os Jardins Suspensos foram criados por Izaro como um teste para seu grande trabalho.

Ele transformou seu jardim pessoal em um quebra-cabeças e o encheu de armadilhas de todos os tipos, assim como feras horríveis. Criminosos condenados recebiam então uma chance. Morte ou o Jardim. Se eles conseguissem passar, um perdão imperial era dado a eles.

Nenhum perdão foi dado até onde eu pude ver nas escrituras. Isso é o que acontece quando pessoas possuem muito tempo e ouro em suas mãos.

Ankh da EternidadeUm conselho. Aquela ankh, ela pode até ter algum poder milagroso, mas aposto que existe uma razão obscura para Veruso ter posto aquela coisa em um lugar escondido. Eu tentei alertar Clarissa, mas suas orelhas parecem tão mortas quanto as daquele namorado dela.

Solaris e LunarisPrecisando das minhas especialidades ecléticas novamente? Solaris e Lunaris tomaram os palcos principais entre as pessoas do Império Eterno.

Solaris era dita ser a luz da liderança, guiando e iluminando cada imperador que sentou ao trono. Na prática, a maioria dos imperadores acabaram se apagando um pouco, mas história e teologia nunca se encontraram cara a cara mesmo.

Já Lunaris, a deusa da lua e terra, a mãe dos sonhos e inspirações. Não soa como uma má pessoa até você considerar que sonhos aportam pesadelos e que inspiração é só uma noção envergonhada da insanidade.



Solaris e LunarisEu agradeceria aos deuses, mas você parece estar matando eles com uma frequência alarmante.

Não que eu esteja reclamando! Em minha experiência, teocracia nunca foi uma boa coisa para empreendedores como eu, a menos que você esteja no mercado de relíquias sagradas. É mente fechada demais. Normal demais. Prefiro o caos em qualquer dia, pois é no caos que a oportunidade nasce.

Sarn pode voltar ao seu estado de desordem usual e eu posso voltar aos negócios. Todo mundo ganha!

Os Orbes do Sol e da LuaBolhas poderosas são esses orbes. Tão velhos quanto os próprios Azmerianos, talvez até mais velho. Eu já li tudo que existe para se ler sobre estas belezinhas. Dizem que o Orbe do Sol contém tudo que já foi, enquanto seu irmão, o Orbe da Lua, possui tudo que ainda será. Passado e futuro, aglomerados em um amontoado de vidro e taumaturgia. Me arrepio só de pensar no que poderia acontecer se tudo isso escapasse um dia.

GrigorGrigor se foi sem dizer uma palavra sequer, maldito rude, mas eu suspeito que sua alma poética foi chamada de volta para casa, para Ezomyr. Uma longa jornada, mas uma que vale a pena se fazer para encontrar consolação entre seu próprio povo. Claro, eles ficarão bem chocados quando o virem. Vamos esperar que o amor da família seja tão cego quanto eles dizem.

Existem as ótimas histórias que Grigor poderá contar para eles, claro. Agora que estou pensando nisso, agora que Dominus foi tirado do seu pedestal, não tem nada que pare os Ezomitas de aprenderem uma coisa ou outra das histórias de Grigor. Eles podem até considerar invadir essa joia manchada da coroa de Wraeclast. Eu certamente espero que eles tenham um olho bom para oportunidades... um homem poderia fazer um pé de meia ao ajudar os ditos invasores a navegar por Sarn e suas várias ameaças.

YugulEu ouvi um conto sobre um erudito Vaal antigo que tomou o nome 'Yugul'. Ele conduzia esses experimentos medonhos perseguindo algum tipo de conhecimento nojento guardado nas regiões mais profundas do terror humano. Ele praticava em nada mais, nada menos que garotinhos, assustando as criancinhas Vaal até mijarem em suas camas e então aprisionava seus medos dentro de um salão cheio de espelhos taumaturgicos.

Pode ser que a história seja besteira, mas é aqui que ela fica ainda mais sinistra. Parece que o velho Yugul achou algo naquele medo, o suficiente pra fazer com que uma boa quantidade dos Vaal o venerace.

Sineramente, algumas pessoas irão venerar qualquer coisa para ter um pouco de paz espiritual.

YugulEntão era aquele erudito infeliz no final das contas? Maldito doentio. Bem, agora ele se foi, e eu espero que você o tenha feito sofrer como aquelas pobres crianças que ele atormentou. Eu teria torrado ele bem devagarinho como um porco assado, só pra ver o quanto ele ia gostar de ter algumas maçãs enfiadas na boca dele.

Aqui, pegue isso por nos manter a salvo das divindades indesejadas nesse mundo.

Asas de VastiriFala pra mim, existe alguma chance de nós darmos as mãos em prol de um bom lucro? Você já ouviu falar sobre as Asas de Vastiri? Não é só mais um artefato. Esse foi o maior símbolo de um oficial para os Maraketh, empunhado pelo "Sekhema dos Sekhemas". Os livros de história dizem que as Asas foram usadas por último por Sekhema Asenath, o Sekhema Dourado... aquele que conseguiu ser assassinada por Hector Titucius.

O problema é que o próprio Titucius está guardando seus enfeiteis denovo. Ainda assim, se você puder recuperar essas tais Asas de Vastiri, então tenho certeza que eu consigo vendê-las para os Maraketh por uma boa quantia. Elas são um ícone cultural afinal, pingando valor sentimental.

O que me diz?

Asas de VastiriVocê as encontrou! Não é algo fácil de se fazer, tenho certeza. Como está Hector? Tenho certeza que não muito bem depois que você cruzou seu caminho, certo? Eu vou dar uma polida nessas asas e levá-las de volta aos donos assim que meu amigo Maraketh puder fazer com que seu povo pague o resgate...ahem, preço, quero dizer.

Enquanto isso, pegue isso do meu estoque como pagamento.

Asas de VastiriBem, elas são forjadas de ouro sólido, posso te dizer isso. Mas creio que não seja exatamente sobre o que você está perguntando.

As asas são uma peça valiosa de tesouro para a linhagem dos Maraketh. Lá quando as tribos deixaram suas diferenças de lado e deram as mãos na batalha contra o Império Eterno, as asas eram vistas como um símbolo de sua união. O Sekhema Dourado as portava enquanto liderava toda a horada Maraketh contra Sarn? Elas foram os maiores símbolos de esperança para os Maraketh, assim como Asenath.

Hector Titucius esmagou tanto suas esperanças quanto seu precioso sekhema.

Hector TituciusO pouco de humanidade com a qual o General Titucius nasceu, ele trocou por força. Foi tão longe quanto pedir Malachai para substituir suas juntas por gemas de virtude...louco bastardado. Após isso, o Imperador Chitus incumbiu Titucius com a responsabilidade de sujulgar os Maraketh, um trabalho no qual ele teve prazer demais em fazer, se me perguntar.