Please consider supporting us by disabling your ad blocker.

Mesa de Criação /5

IDModRequireItemClassesUnlock
NavaliPrefixos Não Podem Ser Modificados2x Orbe ExaltadoCorpo a Corpo de Uma Mão, Corpo a Corpo de Duas Mãos, Longo Alcance de Uma Mão, Longo Alcance de Duas Mãos, Peitoral, Luvas, Botas, Elmo, Escudo, Anel, Amuleto, Cinto, AljavaProfecia - Sussurros Insuportáveis V, Sussurros Insuportáveis V
NavaliSufixos Não Podem Ser Modificados2x Orbe ExaltadoCorpo a Corpo de Uma Mão, Corpo a Corpo de Duas Mãos, Longo Alcance de Uma Mão, Longo Alcance de Duas Mãos, Peitoral, Luvas, Botas, Elmo, Escudo, Anel, Amuleto, Cinto, AljavaProfecia - A Rainha Que Não Respira V, A Rainha Que Não Respira V
NavaliPode ter múltiplos Modificadores Forjados2x Orbe ExaltadoCorpo a Corpo de Uma Mão, Corpo a Corpo de Duas Mãos, Longo Alcance de Uma Mão, Longo Alcance de Duas Mãos, Peitoral, Luvas, Botas, Elmo, Escudo, Anel, Amuleto, Cinto, AljavaA Corte Pálida, A Corte Pálida
NavaliNão pode rolar Modificadores de Ataque1x Orbe ExaltadoCorpo a Corpo de Uma Mão, Corpo a Corpo de Duas Mãos, Longo Alcance de Uma Mão, Longo Alcance de Duas Mãos, Peitoral, Luvas, Botas, Elmo, Escudo, Anel, Amuleto, Cinto, AljavaProfecia - A Mandíbula da Praga, A Mandíbula da Praga V
NavaliNão pode rolar Modificadores de Conjuração5x Orbe AbençoadoCorpo a Corpo de Uma Mão, Corpo a Corpo de Duas Mãos, Longo Alcance de Uma Mão, Longo Alcance de Duas Mãos, Peitoral, Luvas, Botas, Elmo, Escudo, Anel, Amuleto, Cinto, AljavaProfecia - O Lorde Feral, O Lorde Selvagem V

Navali /56

TitleNome
IntroduçãoSeria a escolha que o traz aqui, ou seria o destino? Eu vejo a sua necessidade. A necessidade de ver o futuro. A necessidade de seguir o caminho certo. Mas seu futuro já foi decidido. Então abra sua mente e abrace-o.

Há muito tempo atrás, meu povo costumava me chamar de {hatungo}. Uma mulher sábia. Agora me chamam de assombração. Mas ainda não é meu destino voltar para a Mãe da Morte. Por enquanto eu sigo com um pé neste mundo e o outro no reino dos mortos. Sou uma investigadora dos vivos e intérprete dos mortos.

Eu sinto que você tem perguntas. Por uma oferta de prata eu as responderei. Mas você procura mais do que respostas. Riquezas. Poder. Estes eu também posso providenciar, de certa forma... Tudo que você precisa fazer é juntar-se a mim. Guarde minhas palavras, mas trilhe o seu caminho. Quem diz o futuro sou eu, mas é você quem o toma nas mãos. Chegou a hora de cumprir sua profecia.
IntroduçãoSeria a escolha que o traz aqui, ou seria o destino? Eu vejo a sua necessidade. A necessidade de ver o futuro. A necessidade de seguir o caminho certo. Mas seu futuro já foi decidido. Então abra sua mente e abrace-o.

Há muito tempo atrás, meu povo costumava me chamar de {hatungo}. Uma mulher sábia. Agora me chamam de assombração. Mas ainda não é meu destino voltar para a Mãe da Morte. Por enquanto eu sigo com um pé neste mundo e o outro no reino dos mortos. Sou uma investigadora dos vivos e intérprete dos mortos.

Eu sinto que você tem perguntas. Por uma oferta de prata eu as responderei. Mas você procura mais do que respostas. Riquezas. Poder. Estes eu também posso providenciar, de certa forma... Tudo que você precisa fazer é juntar-se a mim. Guarde minhas palavras, mas trilhe o seu caminho. Quem diz o futuro sou eu, mas é você quem o toma nas mãos. Chegou a hora de cumprir sua profecia.
IntroduçãoE então seu caminho o trouxe aqui, exilado. Cuidado onde pisa, pois um pé leva o outro, assim também cada pé deixa sua marca. Um traço do que já foi. Um guia para o que ainda será.
IntroduçãoNossos caminhos se cruzam na concha de um caracol morto a muito tempo. Um império para para ver onde seu caminho o estava levando. Construído sobre a casca de outro e destinado a ser enterrado denovo e denovo. Esta cidade ainda há de ver grandes coisas, exilado. Mas não no seu tempo de vida.
IntroduçãoMuitas das grandes coisa tem seu início aos pés da montanha, exilado. Assim como várias tragédias. Caminhos se tornam bifurcações com frequência, e os ecos das suas ações irão te puxar de um lado ou do outro. Você sabe para onde está sendo carregado?...Você gostaria de saber?
IntroduçãoA Mãe da Morte cuida desta cidade com grande interesse. Você se uniu a nós bem a tempo. Perante vós existem vários grandes caminhos, cada um trilhado por uma vida diferente. Mas cada um deles precisa chegar ao mesmo destino. Eventualmente.
WraeclastEu viajei até aqui através dos salões sombrios da morte, trilhando os caminhos dos que são Lembrados. Eu não sou nada mais do que uma memória da mulher que já fui. Uma memória conservada e sustentada pela Mãe da Morte.
Yama o BrancoEu acordei nos salões da morte com uma vida que mais parecia um sonho meio lembrado. Yama, o Branco, meu companheiro peludo, apareceu na minha frente com a Pedra Visionária que ele agora segura. Ambos receberam um cabelo do conhecimento sombrio de Hinekora, mas cada um serve a um propósito diferente.

A Pedra Visionária me arrasta até o fundo de seu núcleo, onde cada instante da eternidade é conhecido de uma só vez, como anéis infinitos no tronco de uma árvore. Yama, como uma tocha na neblina, me guia de volta das visões infinitas da pedra.
Deuses KaruiHinekora, minha Mãe da Morte, não é a única Deusa, exilado. Os Karui são cuidados por muitos deles. Ngamahu nos empresta o fogo, que ilumina o caminho. Tawhoa nos dá as árvores e pássaros que alinham o caminho, para que possamos apreciar beleza e paz. Tukohama nos fornece armas e o conhecimento da guerra, que nos permite trilhar o caminho com segurança.

E nos últimos dias deste mundo, Kitava, cuja fome não conhece barreiras, acabará com tudo isso.
Fim da AnarquiaAs ferramentas de adivinhação encontradas no corpo de um exilado. Eu as vi. Existem mais ferramentas, e a quantidade de exilados que as possuem está aumentando.
A Pedra NegraO amuleto de ônix que você começou a re-moldar é especial, e sua metamorfose ainda não está completa. Mantenha-o seguro, pois ainda há muito a ser feito.
Dia de SacrifícioO fragmento que você recuperou leva à um reino muito perigoso. As Rainhas Vermelhas aguardam em suas fortalezas sombrias, e mil anos de ódio borbulham logo abaixo da superficie de sua perfeição, sua beleza ilícita.
A Corte PálidaMentes obscuras se escondem em lugares obscuros, mas nem sempre foi assim.

Os sábios governadores Vermelhos já estavam mortos, e os fortes tomaram o poder. Mas um lider insensato arrastou o povo em direção à ruína. The wise Red rulers were long-dead, and the strong seized power. But an unwise leader pulls the people towards ruin. Então assim foi, o leite materno fresco azedou, a grama cresceu dura e pontuda e a carne andou na terra sem uma alma. Hinekora joga sua rede em direção aos novos reis e rainhas, mas quatro passaram pelos buracos e fugiram para a escuridão. Ali eles continuam. Além do alcance da Mãe da Morte. Mas não de sua visão.
Além da VisãoEu não ouvi nada a respeito de tal culto, nem mesmo tive visões deles, mas se você diz que presenciou sua presença em Wraeclast, então eu acredito em você.

Tome cuidado. Se eles podem evitar serem vistos pela Pedra Visionária então eles podem estar além do alcance até mesmo da Mãe da Morte. E isso é algo que você realmente deveria temer.
Os Incitadores da GuerraRatos em um navio naufragado lutam até a morte por um pedaço de madeira seca, não sabendo que isso também logo estará nas profundezas do mar. Nós não somos os únicos ratos neste navio.
Rivalidade MortalEu sinto uma grande raiva por toda a terra, direcionada a você. Existe outro, exilado como você, que também o quer morto. Para este indivíduo, raiva e desespero obscurecem as linas da mortalidade.
Eber, a Mandíbula da PragaOs antigos vermelhos deixaram esta terra estéril. Plantações cresceram atrofiadas e a doença encheu o ar. Se você não alimentar um animal, logo ele olhará para seus irmãos e irmãs com um olhar faminto, e o homem não é diferente. A Mandíbula da Praga e seu povo logo se banquetearam com seus iguais, devorando a própria essência de vida dos jovens e inocentes.
Yriel, o Lorde SelvagemQuando as chuvas cessaram, o Lorde alimentou suas fazendas com o sangue das bestas. Mas sangue carrega a corrupção com ele, e as plantações logo se ergueram, monstruosas e espinhentas. Na espessa selva de sua própria criação, não foi somente ele que se tornou selvagem.
Inya, os Sussurros InsurpotáveisSabedoria e conhecimento são a mesma coisa. A sede de aprendizado da rainha era infinita. Na medida em que ela se rasgava pelas páginas de incontáveis tomos, seu conhecimento crecia e sua sabedoria se esvaiu, se curvando diante do peso da insanidade.
Volkuur, a Rainha Que Não RespiraÀs vezes a morte é uma ladra, rápida com os pés e ainda mais rápida com a lâmina. Às vezes é uma erva daninha, crescendo lentamente e se apertando cada vez mais em seu pescoço. Mas a morte não é um brinquedo. A rainha dos mortos ergueu um exército de cadáveres desalmados. Suas ações ridicularizam a morte, tornando-a um mero obstáculo em seu show de marionetes de carne.
Rivalidade AncestralWraeclast está repleto de memórias de um passado violento. Apesar da carne e mente de seus habitantes originais terem sumido a muito tempo, suas emoções - raiva, medo, inveja - permanecem nos artefatos que deixaram para trás.

Doedre Lingua Negra, Marceus Lioneye, Shavronne da Umbra, Maligaro, Victario. Se estes nomes não significam nada para você agora, eles logo significarão. Mantenha um olho atento para as suas posses a muito perdidas. Cada uma possui uma memória de falha, tristeza e um desejo de vingança.
Caminho do TaumaturgoOs grandes taumatúrgicos do passado se consideravam artistas de alto calibre. Suas pinturas foram as energias escondidas que flutuaram e nos ensinaram. Suas telas: o mais fino dos tecidos da própria realidade. E assim como todo grande artista, houveram tempos em que suas pinceladas titubearam, quando erros foram cometidos. Infelizmente, seus erros persistiram por mais tempo do que suas grandes criações.
O Bandido AmbiciosoLadrões fazem o que podem com o que acham ou tomam a força. Quando ladrões superam o número de vítimas, eles precisam procurar mais e mais longe por algo para tomar. É sua própria ganância que os leva ao perigo.
Convidar ao RefúgioEntão, você finalmente encontrou um abrigo para si. Talvez você tenha espaço para mais uma alma perdida?
_no_room_for_prophecies_Muitas profecias permanecem incompletas. Não arrisque arruinar seu destino.
_not_enough_silver_coins_A sabedoria sobre o destino de alguém tem um preço, e você não não possui a prata para pagar por ela.
Orientação custa prata. Se o preço não for pago, a pedra permanecerá silenciosa.
Retorne quando você puder pagar o custo de prata. Somente então seu destino será revelado.
_unknown_error_Nenhuma quantidade de prata ajudará se as perguntas erradas forem feitas.
A pedra está em silêncio. Por favor retorne depois.
Introdução{Obrigado por me libertar. A Mãe da Morte gosta de pregar pequenas peças em mim. Ela gosta de me lembrar do meu lugar. Mas, ela também te enviou aqui para ajudar.

Deixe-me retribuir o favor, exilado. Nos encontraremos novamente na vila, e então eu lhe ajudarei a iluminar o seu caminho.}{Obrigado por me libertar. A Mãe da Morte gosta de pregar pequenas peças em mim. Ela gosta de me lembrar do meu lugar. Mas, ela também te enviou aqui para ajudar.

Deixe-me retribuir o favor, exilada. Nos encontraremos novamente na vila, e então eu lhe ajudarei a iluminar o seu caminho.}
Introdução{Obrigado por me libertar. A Mãe da Morte gosta de pregar pequenas peças em mim. Ela gosta de me lembrar do meu lugar. Mas, ela também te enviou aqui para ajudar.

Deixe-me retribuir o favor, exilado. Nos encontraremos novamente na vila, e então eu lhe ajudarei a iluminar o seu caminho.}{Obrigado por me libertar. A Mãe da Morte gosta de pregar pequenas peças em mim. Ela gosta de me lembrar do meu lugar. Mas, ela também te enviou aqui para ajudar.

Deixe-me retribuir o favor, exilada. Nos encontraremos novamente na vila, e então eu lhe ajudarei a iluminar o seu caminho.}
Falar com NavaliTenho certeza de que nos encontraremos novamente em breve.
IntroduçãoSeria a escolha que o traz aqui, ou seria o destino? Eu vejo a sua necessidade. A necessidade de ver o futuro. A necessidade de seguir o caminho certo. Mas seu futuro já foi decidido. Então abra sua mente e abrace-o.

Há muito tempo atrás, meu povo costumava me chamar de {hatungo}. Uma mulher sábia. Agora me chamam de assombração. Mas ainda não é meu destino voltar para a Mãe da Morte. Por enquanto eu sigo com um pé neste mundo e o outro no reino dos mortos. Sou uma investigadora dos vivos e intérprete dos mortos.

Eu sinto que você tem perguntas. Por uma oferta de prata eu as responderei. Mas você procura mais do que respostas. Riquezas. Poder. Estes eu também posso providenciar, de certa forma... Tudo que você precisa fazer é juntar-se a mim. Guarde minhas palavras, mas trilhe o seu caminho. Quem diz o futuro sou eu, mas é você quem o toma nas mãos. Chegou a hora de cumprir sua profecia.
IntroduçãoSeria a escolha que o traz aqui, ou seria o destino? Eu vejo a sua necessidade. A necessidade de ver o futuro. A necessidade de seguir o caminho certo. Mas seu futuro já foi decidido. Então abra sua mente e abrace-o.

Há muito tempo atrás, meu povo costumava me chamar de {hatungo}. Uma mulher sábia. Agora me chamam de assombração. Mas ainda não é meu destino voltar para a Mãe da Morte. Por enquanto eu sigo com um pé neste mundo e o outro no reino dos mortos. Sou uma investigadora dos vivos e intérprete dos mortos.

Eu sinto que você tem perguntas. Por uma oferta de prata eu as responderei. Mas você procura mais do que respostas. Riquezas. Poder. Estes eu também posso providenciar, de certa forma... Tudo que você precisa fazer é juntar-se a mim. Guarde minhas palavras, mas trilhe o seu caminho. Quem diz o futuro sou eu, mas é você quem o toma nas mãos. Chegou a hora de cumprir sua profecia.
IntroduçãoE então seu caminho o trouxe aqui, exilado. Cuidado onde pisa, pois um pé leva o outro, assim também cada pé deixa sua marca. Um traço do que já foi. Um guia para o que ainda será.
IntroduçãoNossos caminhos se cruzam na concha de um caracol morto a muito tempo. Um império para para ver onde seu caminho o estava levando. Construído sobre a casca de outro e destinado a ser enterrado denovo e denovo. Esta cidade ainda há de ver grandes coisas, exilado. Mas não no seu tempo de vida.
IntroduçãoMuitas das grandes coisa tem seu início aos pés da montanha, exilado. Assim como várias tragédias. Caminhos se tornam bifurcações com frequência, e os ecos das suas ações irão te puxar de um lado ou do outro. Você sabe para onde está sendo carregado?...Você gostaria de saber?
IntroduçãoA Mãe da Morte cuida desta cidade com grande interesse. Você se uniu a nós bem a tempo. Perante vós existem vários grandes caminhos, cada um trilhado por uma vida diferente. Mas cada um deles precisa chegar ao mesmo destino. Eventualmente.
WraeclastEu viajei até aqui através dos salões sombrios da morte, trilhando os caminhos dos que são Lembrados. Eu não sou nada mais do que uma memória da mulher que já fui. Uma memória conservada e sustentada pela Mãe da Morte.
Yama o BrancoEu acordei nos salões da morte com uma vida que mais parecia um sonho meio lembrado. Yama, o Branco, meu companheiro peludo, apareceu na minha frente com a Pedra Visionária que ele agora segura. Ambos receberam um cabelo do conhecimento sombrio de Hinekora, mas cada um serve a um propósito diferente.

A Pedra Visionária me arrasta até o fundo de seu núcleo, onde cada instante da eternidade é conhecido de uma só vez, como anéis infinitos no tronco de uma árvore. Yama, como uma tocha na neblina, me guia de volta das visões infinitas da pedra.
Deuses KaruiHinekora, minha Mãe da Morte, não é a única Deusa, exilado. Os Karui são cuidados por muitos deles. Ngamahu nos empresta o fogo, que ilumina o caminho. Tawhoa nos dá as árvores e pássaros que alinham o caminho, para que possamos apreciar beleza e paz. Tukohama nos fornece armas e o conhecimento da guerra, que nos permite trilhar o caminho com segurança.

E nos últimos dias deste mundo, Kitava, cuja fome não conhece barreiras, acabará com tudo isso.
Fim da AnarquiaAs ferramentas de adivinhação encontradas no corpo de um exilado. Eu as vi. Existem mais ferramentas, e a quantidade de exilados que as possuem está aumentando.
A Pedra NegraO amuleto de ônix que você começou a re-moldar é especial, e sua metamorfose ainda não está completa. Mantenha-o seguro, pois ainda há muito a ser feito.
Dia de SacrifícioO fragmento que você recuperou leva à um reino muito perigoso. As Rainhas Vermelhas aguardam em suas fortalezas sombrias, e mil anos de ódio borbulham logo abaixo da superficie de sua perfeição, sua beleza ilícita.
A Corte PálidaMentes obscuras se escondem em lugares obscuros, mas nem sempre foi assim.

Os sábios governadores Vermelhos já estavam mortos, e os fortes tomaram o poder. Mas um lider insensato arrastou o povo em direção à ruína. The wise Red rulers were long-dead, and the strong seized power. But an unwise leader pulls the people towards ruin. Então assim foi, o leite materno fresco azedou, a grama cresceu dura e pontuda e a carne andou na terra sem uma alma. Hinekora joga sua rede em direção aos novos reis e rainhas, mas quatro passaram pelos buracos e fugiram para a escuridão. Ali eles continuam. Além do alcance da Mãe da Morte. Mas não de sua visão.
Além da VisãoEu não ouvi nada a respeito de tal culto, nem mesmo tive visões deles, mas se você diz que presenciou sua presença em Wraeclast, então eu acredito em você.

Tome cuidado. Se eles podem evitar serem vistos pela Pedra Visionária então eles podem estar além do alcance até mesmo da Mãe da Morte. E isso é algo que você realmente deveria temer.
Os Incitadores da GuerraRatos em um navio naufragado lutam até a morte por um pedaço de madeira seca, não sabendo que isso também logo estará nas profundezas do mar. Nós não somos os únicos ratos neste navio.
Rivalidade MortalEu sinto uma grande raiva por toda a terra, direcionada a você. Existe outro, exilado como você, que também o quer morto. Para este indivíduo, raiva e desespero obscurecem as linas da mortalidade.
Eber, a Mandíbula da PragaOs antigos vermelhos deixaram esta terra estéril. Plantações cresceram atrofiadas e a doença encheu o ar. Se você não alimentar um animal, logo ele olhará para seus irmãos e irmãs com um olhar faminto, e o homem não é diferente. A Mandíbula da Praga e seu povo logo se banquetearam com seus iguais, devorando a própria essência de vida dos jovens e inocentes.
Yriel, o Lorde SelvagemQuando as chuvas cessaram, o Lorde alimentou suas fazendas com o sangue das bestas. Mas sangue carrega a corrupção com ele, e as plantações logo se ergueram, monstruosas e espinhentas. Na espessa selva de sua própria criação, não foi somente ele que se tornou selvagem.
Inya, os Sussurros InsurpotáveisSabedoria e conhecimento são a mesma coisa. A sede de aprendizado da rainha era infinita. Na medida em que ela se rasgava pelas páginas de incontáveis tomos, seu conhecimento crecia e sua sabedoria se esvaiu, se curvando diante do peso da insanidade.
Volkuur, a Rainha Que Não RespiraÀs vezes a morte é uma ladra, rápida com os pés e ainda mais rápida com a lâmina. Às vezes é uma erva daninha, crescendo lentamente e se apertando cada vez mais em seu pescoço. Mas a morte não é um brinquedo. A rainha dos mortos ergueu um exército de cadáveres desalmados. Suas ações ridicularizam a morte, tornando-a um mero obstáculo em seu show de marionetes de carne.
Rivalidade AncestralWraeclast está repleto de memórias de um passado violento. Apesar da carne e mente de seus habitantes originais terem sumido a muito tempo, suas emoções - raiva, medo, inveja - permanecem nos artefatos que deixaram para trás.

Doedre Lingua Negra, Marceus Lioneye, Shavronne da Umbra, Maligaro, Victario. Se estes nomes não significam nada para você agora, eles logo significarão. Mantenha um olho atento para as suas posses a muito perdidas. Cada uma possui uma memória de falha, tristeza e um desejo de vingança.
Caminho do TaumaturgoOs grandes taumatúrgicos do passado se consideravam artistas de alto calibre. Suas pinturas foram as energias escondidas que flutuaram e nos ensinaram. Suas telas: o mais fino dos tecidos da própria realidade. E assim como todo grande artista, houveram tempos em que suas pinceladas titubearam, quando erros foram cometidos. Infelizmente, seus erros persistiram por mais tempo do que suas grandes criações.
O Bandido AmbiciosoLadrões fazem o que podem com o que acham ou tomam a força. Quando ladrões superam o número de vítimas, eles precisam procurar mais e mais longe por algo para tomar. É sua própria ganância que os leva ao perigo.
_no_room_for_prophecies_Muitas profecias permanecem incompletas. Não arrisque arruinar seu destino.
_not_enough_silver_coins_A sabedoria sobre o destino de alguém tem um preço, e você não não possui a prata para pagar por ela.
Orientação custa prata. Se o preço não for pago, a pedra permanecerá silenciosa.
Retorne quando você puder pagar o custo de prata. Somente então seu destino será revelado.
_unknown_error_Nenhuma quantidade de prata ajudará se as perguntas erradas forem feitas.
A pedra está em silêncio. Por favor retorne depois.